Header Ad

Vendas de consórcios crescem 4,7% no primeiro trimestre

30 de novembro de -0001
14 Visualizações

As vendas de novas cotas de consórcios cresceram 4,7% no primeiro trimestre deste ano na comparação com igual período de 2016, aponta levantamento da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac).

Foram negociadas 532,5 mil unidades de janeiro a março, enquanto nos três primeiros meses do ano passado foram 508,6 mil. Os indicadores positivos, no entanto, não se refletiram no volume de participantes, que caiu de 7,11 milhões para 6,97 milhões no período analisado.

A maior alta foi verificada nos consórcios de serviços, com alta de 86,9%. O setor foi o que mais cresceu, passando de 3,05 mil para 5,7 mil novas cotas. Em números absolutos, no entanto, é o que tem menor peso.

As negociações de consórcios de eletroeletrônicos e outros bens duráveis cresceram 23%, com 3,85 mil cotas comercializadas no primeiro trimestre do ano.

Os consórcios de veículos leves aumentaram 16,1%, alcançando 254,6 mil cotas vendidas no primeiro trimestre deste ano. Este é o setor mais representativos do sistema de consórcios. Também apresentaram alta os setores de imóveis (12%) e veículos pesados (8%).

Queda

O único setor a apresentar retração foi o de motocicletas, com queda de 9,2%. No entanto, o setor é o que concentra o maior volume de cotas negociadas: o total vendido passou de 229 mil nos primeiros meses de 2016 para 208 mil neste ano. Os resultados foram comemorados pela Abac, mas de forma “comedida”.

“Acreditamos que poderemos voltar a patamar mais alto, gradualmente, pois o consumidor vem assumindo boas práticas financeiras quando, por exemplo, opta pelo consórcio para suas realizações”, avaliou o presidente-executivo da associação, Paulo Roberto Rossi.

O tíquete médio – valor intermediário da cota de um consórcio – manteve-se em elevação, segundo os dados da Abac. Em janeiro, o valor era R$ 36,8 mil e, em março, chegou a R$ 40,2 mil. Em 2016, a média ficou praticamente estável, com “viés de baixa”, com valor de R$ 33,3 mil.

Em relação aos créditos comercializados, houve avanço em 2017, passando de R$ 6,47 bilhões em janeiro para R$ 7,11 bilhões em março. No mesmo período do ano passado, os valores variaram de R$ 5,67 bilhões para R$ 6 bilhões.

RECOMENDAMOS

Em meio à crise financeira, inscrições no vestibular da Uerj caem 55%
Brasil
0 shares5 views
Brasil
0 shares5 views

Em meio à crise financeira, inscrições no vestibular da Uerj caem 55%

CONEWS - jun 22, 2017

Com sevidores e docentes ainda sem receber o salário de maio e o 13° de 2016, o Fórum de Diretores…

Brasil
0 shares4 views

Fachin abre prazo de cinco dias para PGR decidir se denuncia Temer

CONEWS - jun 22, 2017

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu hoje (22) abrir prazo para a Procuradoria-Geral da República (PGR)…

Brasil
0 shares8 views

Congresso pode votar LDO antes do recesso parlamentar de julho

CONEWS - jun 22, 2017

O Congresso Nacional poderá votar o Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2018 antes do início do recesso…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.