Header Ad

Mercado de ovos ainda não alcançou a velocidade esperada

30 de novembro de -0001
10 Visualizações

Ontem, terça, os preços praticados no mercado de ovos não tiveram alterações: o preço médio diário da caixa de ovos brancos permaneceu variando de R$85,00 a R$87,00 e os ovos vermelhos comercializados de R$10,00 até R$13,00 a mais por caixa, ou seja, mínimo de R$95,00 ao máximo de R$100,00. 

Segundo a Jox Assessoria Agropecuária “a velocidade das vendas na cadeia de comercialização (varejo e atacado) não alcançou a expectativa para a semana em toda a sua extensão”. Nesse sentido, alguns comerciantes entendem que o fortalecimento do mercado deveria ter ocorrido em todos os elos da cadeia de negociação, o que ainda não aconteceu.

Acompanhamento do preço médio diário da caixa de ovos brancos indica que a evolução atual (tendo como base o preço praticado na abertura do mês) segue dentro da média histórica dos últimos oito anos e, embora esteja bem abaixo da evolução alcançada em maio do ano passado, o preço praticado atualmente é bem superior.

Se acompanhar a tendência histórica, novas correções de preços ainda podem acontecer nos próximos dias.

RECOMENDAMOS

Abrigos LGBT se espalham e reúnem histórias de orgulho e superação
Brasil
0 shares30 views
Brasil
0 shares30 views

Abrigos LGBT se espalham e reúnem histórias de orgulho e superação

CONEWS - jun 28, 2017

Sala de aula da Casa TransvestCasa Transvest/Divulgação"Tinha todos os privilégios do homem cisgênero e heterossexual, e usei isso a favor…

Brasil
0 shares32 views

Polícia Federal suspende emissão de passaportes

CONEWS - jun 28, 2017

A Polícia Federal (PF) suspendeu a emissão de novos passaportes. A medida vale para quem tentou fazer a solicitação depois…

Câmara aprova MP que cria normas para regularização fundiária
Brasil
0 shares34 views
Brasil
0 shares34 views

Câmara aprova MP que cria normas para regularização fundiária

CONEWS - jun 28, 2017

Votação na Câmara foi marcada pela obstrução de deputados oposicionistasWilson Dias/Agência BrasilA MP já havia sido aprovada pela Câmara, mas…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.