Header Ad

Plenário aprova emenda e conclui votação de projeto sobre dívida dos estados

30 de novembro de -0001
21 Visualizações

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 348 votos a 2, emenda do deputado Giuseppe Vecci (PSDB-GO) ao Projeto de Lei Complementar (PLP) 343/17, que inclui no texto a permissão de renegociação de dívidas com base na Lei 8.727/93, prevendo novo prazo de pagamento de até 240 meses e prestações calculadas pela tabela Price.

A emenda trata ainda de renegociações de dívidas perante o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Com o fim da análise dos destaques apresentados ao projeto, que cria um regime de recuperação para estados em situação de calamidade fiscal, a matéria será enviada ao Senado.

Pela proposta, estados em situação de calamidade fiscal poderão aderir ao regime de recuperação em troca de contrapartidas como privatizações, congelamento de salários de servidores e redução de incentivos tributários.

Mais informações a seguir

Acompanhe a sessão também pelo canal oficial da Câmara dos Deputados no YouTube

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares13 views

Comprimidos em excesso encontrados na cela de Sérgio Cabral

CONEWS - jun 24, 2017

Em uma fiscalização de surpresa na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na zona norte do Rio de Janeiro,…

Sarney Filho nega retaliação da Noruega e diz que desmatamento vai voltar a cair
Brasil
0 shares21 views
Brasil
0 shares21 views

Sarney Filho nega retaliação da Noruega e diz que desmatamento vai voltar a cair

CONEWS - jun 24, 2017

Em entrevista à imprensa convocada para esclarecer detalhes do corte do governo norueguês, Sarney Filho negou que tenha havido retaliação…

Receita Federal alerta para envio de falsas intimações pelos Correios
Brasil
0 shares24 views
Brasil
0 shares24 views

Receita Federal alerta para envio de falsas intimações pelos Correios

CONEWS - jun 24, 2017

Trecho da correspondência falsa enviada em nome da Receita Federal para contribuintes ReproduçãoTradicionalmente aplicado por e-mail, esse tipo de golpe…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.