Header Ad

Evento marca encerramento das atividades de 2016 do Rede Cidadã

30 de novembro de -0001
26 Visualizações

Alunos, professores, pais, colaboradores e comunidade se reuniram na tarde desta quinta-feira (15.12) em um grande evento que marcou o encerramento das atividades do ano de 2016 do projeto Rede Cidadã.

Também participaram do evento alunos e coordenadores do Rede Cidadã de Várzea Grande, Cáceres, Rondonópolis e Nova Olímpia.

Em Nova Olímpia, por exemplo, o Rede atua há seis anos levando aulas de esportes, música e espanhol básico a crianças e adolescentes. Segundo o coordenador adjunto do Rede em Nova Olímpia, 3º sargento PM Adão Jozias Santana, todo ano, cerca de 250 crianças e adolescentes são atendidos no município.

Durante o evento, foram realizados campeonatos de futsal, apresentações musicais e entrega de certificados a todos os parceiros que colaboraram para o desenvolvimento das atividades.

Um dos homenageados foi o programador de sistemas Naylton Batista Gusmão. De forma espontânea e gratuita, o jovem desenvolveu um sistema que possibilitou a realização das matrículas dos alunos de forma informatizada.

“Resolvi desenvolver essa página para o Rede depois que percebi as dificuldades enfrentadas na logística em se fazer a matrícula das crianças e adolescentes de forma manual”, explicou Naylton. O sistema está em operação desde março deste ano.

Rede Cidadã

Desde que entrou em funcionamento, no ano de 2005, já passaram pelo Rede Cidadã mais de 15 mil meninos e meninas, além de familiares dos alunos assistidos.

Pelo Rede, crianças e adolescentes tem a oportunidade de participar de diversas atividades culturais, esportivas e educacionais, tais como aulas de pintura em tela, teatro, violão, coral, xadrez, futebol, futsal, basquete, capoeira, judô, vôlei e Taekwondo. As atividades são ofertadas de forma gratuita a crianças e adolescentes alunos da rede pública de ensino.

“Para conseguir fazer a prevenção ao crime, é necessário identificar as causas do comportamento violento, da indisciplina, da baixa autoestima, da evasão escolar”, afirmou o gerente estadual do Rede Cidadã, tenente-coronel PM Nivaldo José de Arruda. Para dar o suporte necessário aos alunos e familiares, o Rede conta com profissionais como psicóloga, pedagoga, assistente social, técnico administrativo, policiais militares e voluntários.

Nivaldo explica que os meninos e meninas ingressam por três meios: encaminhamento da unidade escolar, apresentação espontânea pela família ou encaminhamento de órgãos como Conselho Tutelar, Delegacia Especializada do Adolescente (DEA), Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), entre outros.

Além das atividades, as crianças e adolescentes também participam de ordem unida e rodas de conversa que envolvem sete matérias multidisciplinares. Para identificar as causas dos problemas de comportamento, policiais militares e assistentes sociais realizam, frequentemente, visitas domiciliares.

As visitas se estendem também às unidades escolares, para descobrir o motivo da evasão escolar. 

O leque de atuação vai além do trabalho com as crianças e os adolescentes. Os pais e familiares também são alcançados no Rede. “Não somos creche e nem criamos filho de ninguém. Precisamos capacitar quem cuida desses meninos e meninas e depois acompanhá-los. Para isso fazemos rotineiramente o curso para pais”, declarou o gerente estadual do Rede Cidadã.

Mercado de trabalho

Outra frente de atuação do Rede Cidadã é ofertar oportunidade de ingresso ao mercado de trabalho. Para tanto, conta com parceria da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas), Seduc, Ministério Público e Poder Judiciário, para encaminhamento de jovens, a partir dos 14 anos, ao mercado de trabalho. Desde o início da parceria, mais de 100 adolescentes já foram encaminhados para empresas parcerias pelo programa Jovem Aprendiz.

Atendimento

O Rede Cidadã funciona de segunda a sexta-feira, das 08h às 12h e das 14h às 18h. A sede está situada no bairro Planalto, em Cuiabá. Outras atividades do Rede também são desenvolvidas nas bases comunitárias dos bairros Araés, Osmar Cabral, Pedregal, Pedra 90, Planalto, São João Del Rey e Ribeirão do Lipa, na capital, além do 1º e 3º Batalhão de Polícia Militar.

Mais informações: (65) 3653-8476.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares32 views

Temer: se reforma da Previdência não for votada este ano, será no início de 2018

CONEWS - dez 10, 2017

O presidente Michel Temer disse neste domingo (10) que a reforma da Previdência será aprovada, se não em 2017, "no…

Senado fará esforço concentrado para votar propostas às vésperas do recesso
Brasil
0 shares29 views
Brasil
0 shares29 views

Senado fará esforço concentrado para votar propostas às vésperas do recesso

CONEWS - dez 10, 2017

Às vésperas do recesso legislativo, que oficialmente começa no dia 23, os próximos 10 dias úteis de trabalho no Senado…

Brasil deixou recessão para trás, diz Temer na Argentina
Brasil
0 shares31 views
Brasil
0 shares31 views

Brasil deixou recessão para trás, diz Temer na Argentina

CONEWS - dez 10, 2017

O presidente Michel Temer declarou neste domingo (10) que a economia do Brasil deixou a recessão para trás com a…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.