Header Ad

TV Câmara desliga sinal analógico em Brasília

30 de novembro de -0001
42 Visualizações

A TV Câmara desligou nesta sexta-feira (16) seu transmissor analógico de sinal. Brasília será a primeira capital brasileira a ter o sinal de TV totalmente digital, e as TVs públicas se adiantaram no desligamento de seus transmissores, que tem data limite no final de dezembro. Desde o mês passado, o canal analógico já transmitia a mensagem de que esse sinal sairia do ar.

Com o fim das transmissões analógicas da TV Câmara e da TV Senado, o centro de transmissão passa a economizar R$ 18 mil por mês em eletricidade. Isso corresponde a um terço de toda a operação, que inclui, além das TVs legislativas, a TV Justiça e várias rádios, mas o equipamento digital consome menos energia.

Para Roberto Costa, engenheiro aposentado da Câmara dos Deputados que foi o responsável pela instalação, esse é um passo inevitável. “A tecnologia nos alcança e ultrapassa e, felizmente, a TV Câmara estava mais que preparada para esse passo”, disse.

Foram 18 anos de transmissão ininterrupta, desde 1998, quando a TV foi inaugurada pelo então presidente da Câmara Michel Temer. Na cerimônia de desligamento estavam presentes, além de Costa, os funcionários que ajudaram a instalar o equipamento, que ocupa toda uma sala, somado ao sistema de resfriamento. “Muitas caixas, noites viradas, e uma corrida contra o tempo”, foi como definiu a instalação do transmissor nos anos 90 o técnico Luiz Marreiro.

Cronograma
Para os telespectadores que já têm TVs novas ou conversores de TV digital, nada vai mudar, a TV Câmara continua no canal 61 em Brasília. Nos outros estados, o cronograma de desligamento do sinal analógico segue até 2018, quando 100% das transmissões devem ser digitais.

A TV Câmara investiu desde o início em transmissores digitais. Nas cidades onde é a proprietária dos equipamentos, não haverá necessidade de trocas, a TV já é digital. “Essa foi uma decisão inovadora da Câmara tomada a partir de 2006 e que agora está se mostrando muito acertada, porque vai gerar uma economia”, avaliou a coordenadora da Rede Legislativa de Rádio e TV, Evelin Maciel.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares33 views

Temer: se reforma da Previdência não for votada este ano, será no início de 2018

CONEWS - dez 10, 2017

O presidente Michel Temer disse neste domingo (10) que a reforma da Previdência será aprovada, se não em 2017, "no…

Senado fará esforço concentrado para votar propostas às vésperas do recesso
Brasil
0 shares29 views
Brasil
0 shares29 views

Senado fará esforço concentrado para votar propostas às vésperas do recesso

CONEWS - dez 10, 2017

Às vésperas do recesso legislativo, que oficialmente começa no dia 23, os próximos 10 dias úteis de trabalho no Senado…

Brasil deixou recessão para trás, diz Temer na Argentina
Brasil
0 shares32 views
Brasil
0 shares32 views

Brasil deixou recessão para trás, diz Temer na Argentina

CONEWS - dez 10, 2017

O presidente Michel Temer declarou neste domingo (10) que a economia do Brasil deixou a recessão para trás com a…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.