Header Ad

Projeto obriga academias a alertar sobre riscos de anabolizantes sem indicação médica

30 de novembro de -0001
29 Visualizações

Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 5239/16, do Senado, que obriga academias de ginástica, clubes e demais estabelecimentos esportivos a afixar em suas dependências, em locais de fácil visualização, mensagens alertando sobre os riscos do uso de substâncias anabolizantes sem indicação médica.

Pela proposta, as mensagens deverão informar ainda que substâncias anabolizantes devem ser utilizadas exclusivamente no tratamento de doenças relacionadas à deficiência desses hormônios.

De autoria do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), o projeto acrescenta dispositivo à Lei 9.965/00, que trata da venda esteroides.

O senador alerta para os riscos do uso abusivo dessas substâncias. Entre os mais comumente conhecidos, ele destaca casos de irritação, agressividade, acne grave, atrofia do volume testicular, redução da contagem de espermatozoides, infertilidade, impotência sexual, calvície, aparecimento de tumores no fígado e alteração no colesterol, além de uma série de outros efeitos colaterais indesejáveis.

Tramitação
A proposta será analisada, em caráter conclusivo, pelas comissões de Esporte; de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares13 views

Mulheres ganham 16% a menos do que os homens na Europa

CONEWS - nov 22, 2017

A igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres é um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para o mundo, a…

Brasil
0 shares20 views

Casal Garotinho é acusado dos crimes de organização criminosa e corrupção

CONEWS - nov 22, 2017

As prisões do ex-governador do Rio Anthony Garotinho e de sua mulher, a também ex-governadora Rosinha Garotinho, foram determinadas pelo…

Brasil
0 shares18 views

MP e polícia combatem furto de petróleo em dutos da Petrobras

CONEWS - nov 22, 2017

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Rio de Janeiro (Gaeco/MPRJ) e a…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.