Header Ad

Defron terá extensão do laboratório de tecnologia contra lavagem de dinheiro

30 de novembro de -0001
28 Visualizações

A Delegacia de Fronteira (Defron), inaugurada dia 31 de janeiro em Cáceres (250 km a Oeste), terá, a partir da próxima semana, a extensão do laboratório de tecnologia contra a lavagem de dinheiro (LAB-LD), que tem como objetivo acabar com o patrimônio dos traficantes de drogas.

O governador Pedro Taques visitou a unidade na manhã desta quinta-feira (09.03) e conheceu as instalações da unidade que trabalha com as inteligências da Polícia Judiciária Civil (PJC), Polícia Militar, Grupo Especial de Fronteira (Gefron), e outras instituições como Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O laboratório é um sistema de tecnologia que permite rastrear dinheiro e os servidores do Defron começam a ser capacitados para utilizar a ferramenta na próxima semana. “Daqui um ano esperamos não apenas realizar apreensão de drogas, mas tirar o patrimônio dos traficantes, descapitalizando o crime organizado”, disse o secretário adjunto de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia.

Desde que as forças de segurança passaram a atuar de forma integrada em março de 2016, por meio das ações das inteligências, 58 pessoas foram presas, 25 veículos levados por bandidos foram devolvidos aos proprietários, 11 armas apreendidas e a apreensão de 220 quilos de drogas. “A Defron é a concretização dessa atuação conjunta no combate aos crimes na fronteira”, comentou a delegada regional de Cáceres, Cínthia Cupido, que também responde pela Delegacia de Fronteira.

Durante a visita do governador, também foi destacado os investimentos realizados e os que ainda serão feitos por meio de emendas parlamentares. O deputado estadual Leonardo Albuquerque destinou mais de R$ 100 mil para a reforma do 6º Batalhão da PM, que está há 15 anos sem passar por obras. Já as delegacias municipal e regional de Cáceres fazem parte das instituições que terão câmeras de monitoramento de segurança orgânica, permitindo ao policial vigiar o prédio, os cartórios e a entrada e saída de pessoas por meio das imagens de circuito interno. Este projeto é de autoria do deputado estadual Wancley Carvalho, que também destinou R$ 100 mil para compra de uniformes do Garra (Grupo Armado de Resposta Rápida) da PJC.

O governador Pedro Taques lembrou que Mato Grosso vive um outro momento da administração. “Fiz uma opção por melhorar a segurança pública e não há como fazer isso sem tratar da fronteira. Aumentamos o efetivo do Gefron de 100 para 131 policiais e esta delegacia para que as instituições possam trabalhar em conjunto. Isso foi possível porque passamos de um orçamento de R$ 128 mil em inteligência para R$ 13 milhões, sendo R$ 4,5 milhões já executados”.

Taques ainda comentou sobre o aparelhamento das forças policiais por meio da compra de 4,1 mil coletes à prova de bala, 174 motos para a Polícia Militar, 329 novos veículos, convocação de 3.663 servidores da segurança, 100 pistolas Glock para o Bope, 40 fuzis, 50 submetralhadores e 40 metralhadoras. “Estamos em um momento da virada da chave para desenvolvimento social. Os resultados já começaram a aparecer”.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares15 views

Temer defende maior abertura do Brasil ao mundo em discurso na ONU

CONEWS - set 19, 2017

 Em discurso para líderes mundiais na abertura da 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas, hoje (19), em Nova York, o…

Brasil
0 shares327 views

Temer aborda questões globais em discurso na 72ª Assembleia Geral da ONU

CONEWS - set 19, 2017

Em discurso para líderes mundiais na abertura da 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas, hoje (19), em Nova York, o…

Brasil
0 shares196 views

Pesquisa CNT: 3,4% aprovam governo Temer e 75,6% reprovam

CONEWS - set 19, 2017

A Pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) com o Instituto MDA, divulgada hoje (19), indica que 3,4% dos brasileiros…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.