Header Ad

Após polêmica negociação, Pottker revê Timão: “Gosto de grandes jogos”

30 de novembro de -0001
14 Visualizações

Neste domingo, Pottker terá uma grande chance de fazer o Corinthians se arrepender de ter desistido de contratá-lo. Com a camisa 9 da Ponte Preta, o atacante admite que a partida tem um sabor diferente. O motivo, porém, não é a polêmica e frustrada negociação entre as partes, e sim o peso de enfrentar um clube como o Timão. A bola rola a partir das 16h, no Majestoso. 

Estava tudo certo para Pottker defender o Corinthians após o Paulistão, mas a participação dele na Copa do Brasil pela Ponte, por determinação do clube campineiro, irritou a diretoria corintiana, que cancelou o acordo, mesmo já tendo cedido o zagueiro Yago e o atacante Lucca por empréstimo. Pouco depois, o Internacional aproveitou a desistência do Timão para fechar um contrato de quatro anos com o jogador. 

Sempre muito esclarecido e sincero nas declarações, Pottker evitou qualquer polêmica sobre sua quase ida ao Corinthians e preferiu valorizar a importância do duelo. Será o encontro da melhor campanha no geral (Corinthians) com o líder do Grupo D (Macaca). Segundo ele, jogos com essa atmosfera sempre motivam ainda mais. 

VEJA TAMBÉM:> Com busca por técnico “na mesma”, Brigatti comanda Ponte contra Timão

– Na verdade, para todo jogador é sempre bom jogar contra o Corinthians. Comigo não é diferente. O que houve no passado já teve um ponto final. Desejo ao Corinthians toda a sorte do mundo na sua trajetória, eu vou pensar na Ponte e no meu futuro. Gosto de grandes jogos, e esse não deixa de ser um. Vale os mesmos três pontos, mas se ganhar, tem um gosto diferente por ser contra um time como o Corinthians – disse Pottker. 

A expectativa é ainda maior pelo mini jejum que o “Bruxo” vive. Já são três partidas sem marcar, o que é muito para quem se acostumou a balançar as redes adversárias com frequência. Artilheiro do último Brasileirão, ele tem cinco gols na atual temporada – quatro pelo Paulista e um pela Copa do Brasil – e divide o posto de goleador da Macaca com Lucca. Juntos, os dois são responsáveis por dez dos 13 tentos que a equipe tem no ano. 

– Por estar sempre marcando, é normal eu me incomodar (com o fato de estar três partidas sem marcar). Mas ainda assim tenho uma boa média. São cinco gols em nove jogos. É trabalhar sempre para buscar os gols, pois não tem coisa melhor do que comemorar com a torcida. Não gosto de prometer gol, mas vou dar o meu melhor domingo para ajudar meu time a vencer e, quem sabe, deixar minha marca também. 

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares8 views

CNJ divulga metas para 2018 no Encontro Nacional do Judiciário

CONEWS - nov 21, 2017

Termina hoje (21) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o 11º Encontro Nacional do Poder Judiciário, que tem como objetivo aprovar…

Brasil
0 shares16 views

Governo federal cria comitê para revitalizar geração de emprego e renda no Rio

CONEWS - nov 21, 2017

Decreto assinado pelo presidente Michel Temer, que cria um comitê para o Programa Federal de Apoio à Geração de Emprego…

Brasil
0 shares17 views

Banco Mundial lança relatório sobre eficiência do gasto público no Brasil

CONEWS - nov 21, 2017

O Banco Mundial lança hoje (21) em Brasília o relatório Um ajuste justo: análise da eficiência e equidade do gasto…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.