Header Ad

Cruzeiro e América: rivalidade antiga ficou ainda mais acirrada em 2016

30 de novembro de -0001
22 Visualizações

Cruzeiro e América-MG têm uma rivalidade que já dura 96 anos. Ao longo da história, os times se enfrentaram 360 vezes. São 150 vitórias cruzeirenses, 109 empates e 101 triunfos americanos. Os dois rivais já decidiram campeonatos e fizeram confrontos marcantes, com goleadas e vitórias históricas para os dois lados. A rivalidade quase centenária ficou ainda mais acirrada em 2016, quando Raposa e Coelho se enfrentaram cinco vezes, número máximo de confrontos em um mesmo ano, neste século.

Três destes jogos foram válidos pelo Campeonato Mineiro. Os rivais se enfrentaram pela fase inicial e também pela semifinal. Foram dois empates e uma vitória americana. Após eliminar o Cruzeiro, o América-MG acabou sendo campeão. No Brasileirão, mais dois duelos, com uma vitória azul e um empate. Vamos relembrar todos os confrontos entre os tradicionais rivais na temporada passada.

Primeiro confronto – golaço de Bryan

O jogo foi marcado pelo golaço de empate do América-MG, marcado pelo lateral Bryan, hoje no Cruzeiro, no último lance (relembre o lance no vídeo acima). Arrascaeta havia aberto o placar no primeiro tempo. A partida valeu pela primeira fase do estadual, na qual o Cruzeiro se classificaria em primeiro, e o América-MG em quarto, o que faria com que os dois se encontrassem na semifinal.

2º confronto – coelho na frente

Com a melhor campanha na primeira fase, o Cruzeiro era favorito para vencer o América-MG na semifinal. O time de Deivid até começou melhor, criando boas chances e tendo mais volume de jogo. Mas o Coelho foi mais efetivo e, com gols de Adalberto e Victor Rangel, fez 2 a 0 e levou grande vantagem para a partida de volta. (reveja os melhores momentos no vídeo acima).

3º confronto – cruzeiro fora

No jogo da volta, o América-MG cumpriu à risca seu papel. Segurou o ímpeto do Cruzeiro e o empate para chegar à final do Campeonato Mineiro. Duas semanas mais tarde, o Coelho ficaria com o troféu ao bater o Atlético-MG, em duas partidas.

4º confronto – crise dos técnicos

Pouco mais de um mês após o encontro pela semifinal do Mineiro, Cruzeiro e América-MG se enfrentaram pelo Brasileirão. O jogo foi fraco tecnicamente. Treinado pelo português Paulo Bento, o Cruzeiro vivia momento complicado, na zona de rebaixamento. O América-MG começa o declínio que culminou com a queda de Givanildo Oliveira. O empate por 1 a 1 (relembre os melhores momentos no vídeo acima) fez justiça ao pobre futebol dos dois.

5º confronto – fim do jejum

Após quatro jogos sem vencer o rival, na temporada, o Cruzeiro venceu o Coelho como visitante. O último confronto entre os dois rivais pelo returno do Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro, já com Mano Menezes, começava a montar a estrutura tática que o time apresenta hoje. O América-MG, na lanterna competição, tentava uma sequência milagrosa que o livrasse do rebaixamento. Não deu para o Coelho. A Raposa fez 2 a 0, com gols dos gringos Arrascaeta e Ramón Ábila.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares5 views

Três homens são mortos em operação da polícia na Cidade de Deus

CONEWS - nov 21, 2017

A Polícia Civil do Rio de Janeiro realizou hoje (21) uma operação na Cidade de Deus, zona oeste da cidade,…

Brasil
0 shares7 views

TRF2 ordena nova prisão de Picciani, Melo e Albertassi após decisão da Alerj

CONEWS - nov 21, 2017

O Tribunal Regional Federal da 2a Região (TRF2) expediu uma nova ordem de prisão e afastamento do cargo para os…

Brasil
0 shares17 views

Em apresentação a diplomatas, CNI mostra dados que indicam fim da recessão

CONEWS - nov 21, 2017

Pela primeira vez nos últimos três anos todos os indicadores medidos pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) evoluíram de forma…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.