Header Ad

Estátua e nome: saiba por que hotel é inspiração do Palmeiras para clássico

30 de novembro de -0001
33 Visualizações

O técnico Eduardo Baptista pode até poupar alguns titulares, como prometeu, contra o São Paulo às 16h (de Brasília) deste sábado, na arena. Mas todos os jogadores do elenco convivem diariamente com a importância do clássico. A concentração recém-inaugurada na Academia de Futebol tem o nome e a estátua de capitão Adalberto Mendes, fundamental em um Choque-Rei histórico, em 1942.

> VEJA A TABELA DO PAULISTÃO

O local se chama Centro de Excelência Crefisa Capitão Adalberto Mendes. Na recepção, há um painel em alusão à Arrancada Heroica, nome dado à importante vitória alviverde sobre o rival no início dos anos 40. E quem entra logo se depara com um monumento do militar. É impossível entrar no local e não ver o objeto.

A homenagem mostra a importância dada pelo Palmeiras a Mendes. Ele era capitão do exército quando, em 1942, deixou de ser diretor de esportes do Vasco, no Rio de Janeiro, para servir na capital paulista. Por ter amigos no clube, logo se identificou com o ainda Palestra Itália, que se sentia ameaçado em meio à perseguição a italianos por conta da Segunda Guerra Mundial e já tinha se rebatizado Palestra de São Paulo para se desvincular do país europeu.

Mendes se prontificou a ser “a figura patriota” que amenizaria as pressões sobre o Palestra e foi nomeado vice-presidente pelo então presidente Ítalo Adami. Os dirigentes, na época, diziam que o São Paulo pretendia tomar os bens palestrinos em meio à disputa do Paulista de 1942. Nesse clima, em 14 de setembro daquele ano, o clube quis mostrar que “sabe ser brasileiro” e adotou o nome de Palmeiras.

+ FAQs da relação entre Crefisa e Palmeiras: veja como funciona

Rebatizado, o clube enfrentaria o São Paulo em 20 de setembro, para decidir o torneio estadual, no Pacaembu. Foi quando Adalberto Mendes cravou seu nome de vez na história alviverde: para evitar vaias, xingamentos e até pedradas contra o time que jogaria pela primeira vez como Palmeiras, não só prometeu entrar em campo com os jogadores como sugeriu que eles carregassem a bandeira brasileira.

– Boatos diziam que haveria um clima de muita hostilidade por parte da torcida para com nossos jogadores, que realmente estavam preocupados. Percebi isso e notei também que nosso treinador, Del Debbio, tinha em mãos uma bandeira brasileira. Eu sabia que a exibição do pavilhão nacional só era permitida em eventos internacionais, mas chamei a responsabilidade para mim e orientei nossos atletas a entrarem, ao meu lado, carregando-o e o exibindo à toda a torcida que superlotava o estádio do Pacaembu. Após alguns segundos de surpresa por parte de todos, fomos muito aplaudidos e nenhum ato hostil nos foi desferido – lembrou o próprio Adalberto Mendes, em depoimento ao conselheiro Luiz Carlos Granieri, em 1982.

+ Palmeirenses torcem para que Borja confirme sina contra o São Paulo

Em campo, o Verdão venceu o São Paulo por 3 a 1 até que, aos 19 minutos do segundo tempo, o árbitro marcou pênalti a favor do time alviverde, e os jogadores tricolores, revoltados, abandonaram o campo. Assim, como conta a história, o Palestra morreu líder e o Palmeiras nasceu campeão.

A imagem que marcou aquele clássico é a da entrada do time no Pacaembu com a bandeira brasileira, capitaneado por Adalberto Mendes, que tinha o quepe na mão. Exatamente como ele está na estátua na recepção do hotel que leva seu nome. Em um ambiente que inspira diariamente os jogadores do Palmeiras a atuar em um Choque-Rei.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares8 views

CNJ divulga metas para 2018 no Encontro Nacional do Judiciário

CONEWS - nov 21, 2017

Termina hoje (21) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o 11º Encontro Nacional do Poder Judiciário, que tem como objetivo aprovar…

Brasil
0 shares16 views

Governo federal cria comitê para revitalizar geração de emprego e renda no Rio

CONEWS - nov 21, 2017

Decreto assinado pelo presidente Michel Temer, que cria um comitê para o Programa Federal de Apoio à Geração de Emprego…

Brasil
0 shares17 views

Banco Mundial lança relatório sobre eficiência do gasto público no Brasil

CONEWS - nov 21, 2017

O Banco Mundial lança hoje (21) em Brasília o relatório Um ajuste justo: análise da eficiência e equidade do gasto…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.