Header Ad

Movimento é intenso em agências no 1º dia de saque do FGTS em Goiás

30 de novembro de -0001
14 Visualizações

O movimento é intenso em agências da Caixa Econômica Federal (CEF) da Grande Goiânia no primeiro dia de saques de contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O cronograma de retiradas começou nesta sexta-feira (10) para quem nasceu em janeiro e fevereiro.

Um trabalhador conta que chegou às 5h30 na porta de uma agência do Setor Garavelo, em Aparecida de Goiânia, ou seja, mais de duas horas antes da abertura, que foi antecipada para as 8h. Ele queria saber se tinha dinheiro para sacar.

“Eu vim para esclarecer, não sei se eu tenho, tudo indica que sim. Vim para resolver logo porque tenho que ir trabalhar também”, declarou o jovem, que era o primeiro da fila.

No Setor Central, em Goiânia, as agências estavam movimentadas, mas o atendimento era rápido no início da manhã. O servente de pedreiro Vanderley de Sousa Soares conta que conseguiu sacar o FGTS em dez minutos

“Eu tinha direito de receber de quatro contas inativas de empresas que eu trabalhei. Foi rápido demais, graças a Deus, porque a gente anda sem tempo. Mas consegui pegar o dinheiro, que apesar de ser mixaria vai servir para pagar bastante continha atrasada. Só isso também, não vai sobrar nada para gastar livre”, relatou ao G1.

O armador de ferragens Expedito Vieira Lopes sacou o dinheiro nesta manhã para pagar impostos atrasados. “Só não saquei mais rápido porque sou meio travado com caixa eletrônico. Não falo para ninguém quanto saquei, até porque nem vou ficar com esse dinheiro. O governo te dá o dinheiro com uma mão e tira com a outra, afinal, vou gastar tudo pagando imposto atrasado”, reclamou.

Supervisora de uma empresa de estacionamento, Lorraine Lemos da Silva foi até uma agência para descobrir se tem direito ao saque do FGTS, mas não conseguiu a informação, pois não estava com o cartão cidadão nem sabia o número do PIS. “Eu só não dei viagem perdida porque vim fazer outros depósitos. Mas quero vir de novo trazendo o cartão para saber se tenho ou não algum dinheiro para tirar. Não podemos deixar o dinheiro parado não”, brincou.

Horário estendido
De acordo com a assessoria de imprensa da Caixa em Goiás, o total de trabalhadores do estado que terão direito ao benefício é de 1,1 milhão de pessoas, totalizando uma quantia de R$ 1 bilhão. Nesta primeira fase, 178 mil goianos podem sacar o dinheiro.

A Caixa ressalta que não é preciso uma “corrida às agências”, pois o resgate pode ser feito até o mês de julho, quando se encerra o calendário para todos os aniversariantes do ano.

Além disso, nesta-sexta-feira, na segunda-feira (13) e terça-feira (14), todas as agências do país irão abrir duas horas mais cedo – às 8h – para atender exclusivamente à demanda. Já no sábado (11), 64 das 146 agências de Goiás ficarão abertas entre 9h e 15h pelo mesmo motivo (veja lista).

Cronograma de saques
O calendário para o recebimento dos valores foi divulgado no último dia 14 de fevereiro. A partir de sexta-feira, podem sacar os benefícios os trabalhadores que nasceram nos meses de janeiro e fevereiro. Pessoas nascidas em março, abril e maio poderão sacar em abril.
Quem faz aniversário em junho, julho e agosto, poderá sacar em maio. Nascidos em setembro, outubro e novembro poderão fazer o saque em junho. Em julho, deverão sacar os nascidos em dezembro.

Regras
Têm direito ao saque os trabalhadores que foram dispensados por justa causa ou pediram demissão até 31 de dezembro de 2015.

Saiba como consultar o saldo inativo das contas do fundo de garantia

Antes, os valores das contas inativas só podiam ser sacados por quem estivesse desempregado por, no mínimo, três anos ininterruptos. Agora, quem está atualmente empregado passa a poder sacar o valor de uma conta inativa, desde que o afastamento do emprego anterior tenha ocorrido até o fim de dezembro de 2015.
O trabalhador, no entanto, não pode sacar o FGTS de uma conta ativa, ou seja, depositado pelo empregador atual.
O gerente regional da Caixa Econômica Federal em Goiás, Jonatas Ferreira de Oliveira, explicou quais são dos documentos necessários para o saque. “Os trabalhadores devem ir até uma agência com a Carteira de Trabalho. Caso não possua, pode apresentar o termo de rescisão contratual”, disse.
Segundo ele, todos os trabalhadores que foram demitidos ou pediram demissão até 31 de dezembro de 2015 terão direito ao saque. “Vale ressaltar que apenas nesses casos os trabalhadores serão enquadrados. Quem está encostado e recebe auxílio-doença, por exemplo, ainda tem o contrato considerado como vigente e não tem direito. Já quem foi demitido ou pediu para sair da empresa, esse sim vai receber”, explicou.

RECOMENDAMOS

Exército localiza pistolas, carregadores e munições em mata próxima à Rocinha
Brasil
0 shares81 views
Brasil
0 shares81 views

Exército localiza pistolas, carregadores e munições em mata próxima à Rocinha

CONEWS - set 25, 2017

Foram encontradas duas pistolas, seis granadas, 17 carregadores de fuzis, quatro carregadores de pistola e uma grande quantidade de munição,…

Exército localiza pistolas, carregadores e munição em mata próxima à Rocinha
Brasil
0 shares7 views
Brasil
0 shares7 views

Exército localiza pistolas, carregadores e munição em mata próxima à Rocinha

CONEWS - set 25, 2017

Foram encontradas duas pistolas, seis granadas, 17 carregadores de fuzis, quatro carregadores de pistola e uma grande quantidade de munição,…

Associação de moradores da Rocinha convoca reunião sobre abuso de autoridade
Brasil
0 shares19 views
Brasil
0 shares19 views

Associação de moradores da Rocinha convoca reunião sobre abuso de autoridade

CONEWS - set 25, 2017

As ações policiais de busca pelo líder do crime na Rocinha, o traficante Rogério 157, têm incomodado moradores, que denunciam…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.