Header Ad

Reeducandos de Cáceres farão uniformes da rede municipal de educação

30 de novembro de -0001
33 Visualizações

O governador de Mato Grosso, Pedro Taques, conheceu a oficina Costurando a Liberdade, desenvolvida com reeducandos da cadeia pública masculina de Cáceres (328 km a Oeste de Cuiabá). Acompanhado do secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Airton Siqueira Junior, o governador visitou a oficina de costura e as dependências da unidade prisional que conta também com três salas de aula. Ele destacou a organização do local, que hoje abriga em torno de 500 reeducandos.

Um dos projetos de ressocialização do Sistema Penitenciário de Mato Grosso, a qualificação dos 20 reeducandos em costura surgiu da iniciativa da direção da unidade junto com o Conselho da Comunidade. Eles já começaram a costurar as primeiras peças do vestuário utilizado por todos os presos da unidade e, após o término do curso, passarão a confeccionar os uniformes da rede municipal de educação, numa parceria com a Prefeitura Municipal, que ficará responsável pela matéria-prima, reduzindo os custos para o poder público.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-MT) é outro parceiro no projeto e responsável pela qualificação dos reeducandos. As máquinas de costura foram cedidas pela instituição, até que novos equipamentos sejam adquiridos.

O secretário Siqueira Júnior reforçou que uma das prioridades da gestão é fortalecer e ampliar as atividades de ressocialização nas unidades prisionais e para os reeducandos que estão no regime semiaberto. Para isso, serão buscadas parcerias com mais órgãos públicos e empresas. “Temos a certeza de que apenas com o trabalho é possível humanizar as unidades e dar uma ocupação a quem está em privação de liberdade”.

Ampliação de vagas

A unidade masculina de Cáceres receberá ampliação de vagas dentro do planejamento estratégico da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh-MT) para este ano. Serão ampliadas vagas com o recurso destinado pelo Fundo Penitenciário Federal, de R$ 44 milhões para aplicação em obras e aparelhamento do sistema prisional. Para abrir as novas vagas, serão investidos R$ 31,944 milhões, sendo 734 distribuídas nas cadeias de Várzea Grande (192), Alta Floresta (158), Cáceres (192) e penitenciária de Sinop (192). Com isso, o sistema prisional terá asseguradas duas mil novas vagas, contando com as que serão geradas nas obras que estão em andamento das novas unidades do presídio de jovens adultos em Várzea Grande (1.008) e os centros de detenção provisória de Porto Alegre do Norte e Peixoto de Azevedo (252 em cada um).

Ações de ressocialização

O diretor da cadeia pública de Cáceres, Revetrio Costa, destacou que a disciplina e as atividades laborais são fundamentais para garantir a organização do presídio. Ele está sempre em busca de oportunidades e parcerias para desenvolver com os reeducandos que estão aptos a participar.

A unidade possui hoje três salas de aula que funcionam em dois períodos. As disciplinas são ministradas por professores da Escola Estadual Nova Chance. Para este ano letivo, são 196 reeducandos matriculados nos ensinos Fundamental e Médio.

Além da Oficina Costurando a Liberdade, outros 106 reeducandos da unidade trabalham em atividades extramuros, sendo 40 deles na limpeza pública municipal. Já 15 deste total atuam em atividades internas na unidade, como limpeza e entrega das refeições.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares11 views

Temer defende maior abertura do Brasil ao mundo em discurso na ONU

CONEWS - set 19, 2017

 Em discurso para líderes mundiais na abertura da 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas, hoje (19), em Nova York, o…

Brasil
0 shares222 views

Temer aborda questões globais em discurso na 72ª Assembleia Geral da ONU

CONEWS - set 19, 2017

Em discurso para líderes mundiais na abertura da 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas, hoje (19), em Nova York, o…

Brasil
0 shares96 views

Pesquisa CNT: 3,4% aprovam governo Temer e 75,6% reprovam

CONEWS - set 19, 2017

A Pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) com o Instituto MDA, divulgada hoje (19), indica que 3,4% dos brasileiros…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.