Header Ad

Inscrito na Liberta e capitão do Brasil sub-17, Vitão é aposta do Palmeiras

30 de novembro de -0001
17 Visualizações

Inscrito na Taça Libertadores pelo Palmeiras, o zagueiro Vitão vive um grande momento na sua ainda curta carreira. Capitão da seleção brasileira sub-17, o defensor alviverde tem a chance de levantar a taça do Sul-Americano da categoria, neste domingo. O Brasil enfrenta o Chile às 22h15 (horário de Brasília) e depende apenas de um empate para ser campeão.

+ Veja a tabela do Sul-Americano sub-17

Nascido em 2000, Vitão completou 17 anos em fevereiro. É considerado uma das maiores promessas da base do Palmeiras e já despertou a atenção do Manchester City, mesmo clube que levou Gabriel Jesus no fim do ano passado. Sob comando de Eduardo Baptista, foi relacionado para o amistoso contra a Chapecoense, no início do ano.

Diante da lesão de Thiago Martins, que ficará fora por seis meses devido a um problema no joelho, Vitão foi uma das surpresas na lista de 30 inscritos do Palmeiras para a Libertadores – ao lado de Léo Passos, garoto de 18 anos que assumiu a camisa 10 de Moisés no torneio sul-americano.

– Zagueiro tem de ter coragem. Na hora difícil, não pode correr para trás, tem de agredir. Também de ter velocidade e passe. Hoje, o zagueiro é um armador. O Vitão se encaixa nisso. É jovem, tem 17 anos. Algumas características precisam ser melhoradas, precisa achar o timing, mas vai amadurecer. São virtudes que já conseguimos apontar nele – avaliou Eduardo.

Natural de Jacarezinho, cidade de pouco mais de 40 mil habitantes, no interior do Paraná, o zagueiro deu seus primeiros passos como jogador de futebol no PSTC, clube de Londrina, após ter sido reprovado em testes no Coritiba e no Atlético Paranaense. Foi captado pelo Palmeiras, de onde partiu para a Seleção sub-15, em um crescimento impressionante.

– Ele sempre se destacou nos torneios e sempre ajudou a gente. Eu, a mãe, o irmão… É um ótimo menino, tenho muito orgulho dele. Eu sempre falo para ele não tirar os pés do chão, manter o foco. Sempre o acompanhei. No início foi difícil, mas estamos vencendo a batalha. É um orgulho para a nossa cidade – contou o pai do zagueiro, Claudinei Matos.

A seleção brasileira tem a melhor defesa do Sul-Americano sub-17. Foram apenas três gols sofridos em oito jogos. Vitão, que tem contrato com o Palmeiras até 2019, já tem um estafe responsável por gerenciar o assédio sobre ele. Uma maneira de manter o garoto focado única e exclusivamente no próprio crescimento.

– Ele tem boa cabeça, uma boa base e tem tudo para se tornar um grande atleta profissional. Ele ficou muito feliz por ser inscrito pelo Palmeiras na Libertadores e isso faz parte do processo de maturação dele, já que vinha também fazendo treinos com o elenco profissional. Recebemos sempre muitas consultas sobre ele, mas está voltado em fazer seu trabalho no clube para em breve receber uma oportunidade – disse o empresário Luiz Rocha, da Sport Agency, empresa que cuida da carreira do zagueiro.

Além de Vitão, o Palmeiras conta com outra grande promessa entre os titulares da Seleção sub-17.  O meio-campista Alan, camisa 10 da equipe comandada por Carlos Amadeu, deu três assistências na vitória sobre a Colômbia, na última quarta-feira.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares14 views

Governo federal cria comitê para revitalizar geração de emprego e renda no Rio

CONEWS - nov 21, 2017

Decreto assinado pelo presidente Michel Temer, que cria um comitê para o Programa Federal de Apoio à Geração de Emprego…

Brasil
0 shares15 views

Banco Mundial lança relatório sobre eficiência do gasto público no Brasil

CONEWS - nov 21, 2017

O Banco Mundial lança hoje (21) em Brasília o relatório Um ajuste justo: análise da eficiência e equidade do gasto…

Brasil
0 shares25 views

Senado pode votar hoje voto distrital misto e mais recursos para a saúde

CONEWS - nov 21, 2017

O projeto que cria o voto distrital misto abre a pauta de votações na sessão de hoje (21) do Senado.…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.