Header Ad

Inscrito na Liberta e capitão do Brasil sub-17, Vitão é aposta do Palmeiras

30 de novembro de -0001
13 Visualizações

Inscrito na Taça Libertadores pelo Palmeiras, o zagueiro Vitão vive um grande momento na sua ainda curta carreira. Capitão da seleção brasileira sub-17, o defensor alviverde tem a chance de levantar a taça do Sul-Americano da categoria, neste domingo. O Brasil enfrenta o Chile às 22h15 (horário de Brasília) e depende apenas de um empate para ser campeão.

+ Veja a tabela do Sul-Americano sub-17

Nascido em 2000, Vitão completou 17 anos em fevereiro. É considerado uma das maiores promessas da base do Palmeiras e já despertou a atenção do Manchester City, mesmo clube que levou Gabriel Jesus no fim do ano passado. Sob comando de Eduardo Baptista, foi relacionado para o amistoso contra a Chapecoense, no início do ano.

Diante da lesão de Thiago Martins, que ficará fora por seis meses devido a um problema no joelho, Vitão foi uma das surpresas na lista de 30 inscritos do Palmeiras para a Libertadores – ao lado de Léo Passos, garoto de 18 anos que assumiu a camisa 10 de Moisés no torneio sul-americano.

– Zagueiro tem de ter coragem. Na hora difícil, não pode correr para trás, tem de agredir. Também de ter velocidade e passe. Hoje, o zagueiro é um armador. O Vitão se encaixa nisso. É jovem, tem 17 anos. Algumas características precisam ser melhoradas, precisa achar o timing, mas vai amadurecer. São virtudes que já conseguimos apontar nele – avaliou Eduardo.

Natural de Jacarezinho, cidade de pouco mais de 40 mil habitantes, no interior do Paraná, o zagueiro deu seus primeiros passos como jogador de futebol no PSTC, clube de Londrina, após ter sido reprovado em testes no Coritiba e no Atlético Paranaense. Foi captado pelo Palmeiras, de onde partiu para a Seleção sub-15, em um crescimento impressionante.

– Ele sempre se destacou nos torneios e sempre ajudou a gente. Eu, a mãe, o irmão… É um ótimo menino, tenho muito orgulho dele. Eu sempre falo para ele não tirar os pés do chão, manter o foco. Sempre o acompanhei. No início foi difícil, mas estamos vencendo a batalha. É um orgulho para a nossa cidade – contou o pai do zagueiro, Claudinei Matos.

A seleção brasileira tem a melhor defesa do Sul-Americano sub-17. Foram apenas três gols sofridos em oito jogos. Vitão, que tem contrato com o Palmeiras até 2019, já tem um estafe responsável por gerenciar o assédio sobre ele. Uma maneira de manter o garoto focado única e exclusivamente no próprio crescimento.

– Ele tem boa cabeça, uma boa base e tem tudo para se tornar um grande atleta profissional. Ele ficou muito feliz por ser inscrito pelo Palmeiras na Libertadores e isso faz parte do processo de maturação dele, já que vinha também fazendo treinos com o elenco profissional. Recebemos sempre muitas consultas sobre ele, mas está voltado em fazer seu trabalho no clube para em breve receber uma oportunidade – disse o empresário Luiz Rocha, da Sport Agency, empresa que cuida da carreira do zagueiro.

Além de Vitão, o Palmeiras conta com outra grande promessa entre os titulares da Seleção sub-17.  O meio-campista Alan, camisa 10 da equipe comandada por Carlos Amadeu, deu três assistências na vitória sobre a Colômbia, na última quarta-feira.

RECOMENDAMOS

Festival de Brasília anuncia vencedores neste domingo
Brasil
0 shares5 views
Brasil
0 shares5 views

Festival de Brasília anuncia vencedores neste domingo

CONEWS - set 24, 2017

Os vencedores do 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro serão anunciados hoje (24), durante a cerimônia de encerramento do…

Governo do Rio anuncia criação de Fundo de Segurança com royalties do pré-sal
Brasil
0 shares11 views
Brasil
0 shares11 views

Governo do Rio anuncia criação de Fundo de Segurança com royalties do pré-sal

CONEWS - set 24, 2017

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, anunciou hoje (24) a criação do Fundo de Segurança, que terá…

Mesmo poluída, Baía de Guanabara é fonte de renda para milhares de pescadores
Brasil
0 shares16 views
Brasil
0 shares16 views

Mesmo poluída, Baía de Guanabara é fonte de renda para milhares de pescadores

CONEWS - set 24, 2017

Aos 67 anos, Sérgio Souza dos Santos, pescador há 58 anos, lembra com saudades dos bons tempos de pesca na…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.