Header Ad

Leite: Apesar de aumento nos gastos com mão de obra, custo operacional efetivo cai no 1º bi/17

30 de novembro de -0001
32 Visualizações

Os gastos com mão de obra na pecuária leiteira subiram 3,6% nos dois primeiros meses deste ano, considerando-se a “média Brasil” (que engloba os estados de MG, SP, GO, BA, PR, SC e RS), segundo pesquisa do Projeto Campo Futuro, uma parceria do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, com a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil).

A elevação, segundo pesquisadores do Cepea, está atrelada ao reajuste no valor do salário mínimo. Apesar deste aumento, o COE (Custo Operacional Efetivo) da atividade caiu 1,1% no primeiro bimestre deste ano, também na “média Brasil”, resultado da diminuição nos gastos com o concentrado. 

A mão de obra é o segundo item que mais pesa no bolso do produtor de leite, com participação média de 15,5% no COE de janeiro a fevereiro de 2017 – em primeiro lugar está o concentrado, representando 44,3% dos desembolsos correntes no mesmo período. De setembro/16 a fevereiro/17, os gastos com concentrado caíram 10,6%, devido às quedas nas cotações do milho e do farelo de soja.

Para os próximos meses, são esperados aumentos nos salários de outras regiões, o que deve manter elevado o custo com mão de obra. Análises do Cepea mostram que o aumento de 1% no custo da mão de obra reflete na elevação de 0,16% do COE da “média Brasil”, se considerada estabilidade para os demais custos com a atividade.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares5 views

Cultura pode dinamizar a economia brasileira, diz ministro

CONEWS - nov 21, 2017

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, defendeu nesta segunda-feira (20), em São Paulo, que "o Brasil pode se tornar…

Brasil
0 shares10 views

Três homens são mortos em operação da polícia na Cidade de Deus

CONEWS - nov 21, 2017

A Polícia Civil do Rio de Janeiro realizou hoje (21) uma operação na Cidade de Deus, zona oeste da cidade,…

Brasil
0 shares8 views

TRF2 ordena nova prisão de Picciani, Melo e Albertassi após decisão da Alerj

CONEWS - nov 21, 2017

O Tribunal Regional Federal da 2a Região (TRF2) expediu uma nova ordem de prisão e afastamento do cargo para os…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.