Header Ad

Plenário votará apenas acordos internacionais nesta quinta

30 de novembro de -0001
28 Visualizações

Após consulta aos partidos, o 1º vice-presidente da Câmara, deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), determinou que a Ordem do Dia desta quinta analise apenas os projetos de decreto legislativo (PDCs) 481/16, 484/16 e 553/16, que tratam de acordos internacionais do Brasil com outros países. A votação das propostas começa em instantes.

O PDC 481 descreve o acordo internacional assinado com a ilha caribenha de Granada na área educacional. O PDC 484/16 referenda acordo de cooperação educacional assinado entre os governos do Brasil e do Camboja. Já o PDC 553 trata do acordo com a Suécia na área de defesa.

Projeto
Após pedidos de dois partidos, Ramalho retirou da pauta o Projeto de Lei 4742/01, que tipifica o crime de assédio moral no trabalho. A representante da bancada feminina, deputada Soraya Santos (PMDB-RJ), reclamou da exclusão da proposta, junto com outras parlamentares. Ramalho decidiu, então, pautá-lá para a próxima quarta-feira (10).

Mais informações a seguir

Assista também pelo canal da Câmara dos Deputados no YouTube

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares12 views

Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico descarta acionar térmicas mais caras

CONEWS - set 20, 2017

O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), ligado ao Ministério de Minas e Energia, decidiu ontem (19), em reunião…

Câmara rejeita PEC que criava “distritão” para eleições de 2018
Brasil
0 shares17 views
Brasil
0 shares17 views

Câmara rejeita PEC que criava “distritão” para eleições de 2018

CONEWS - set 20, 2017

A Câmara dos Deputados rejeitou o trecho da proposta de emenda à Constituição (PEC) que estabelecia o voto majoritário (conhecido…

Brasil
0 shares20 views

Grupo de trabalho definirá destino de peças religiosas apreendidas no século 20

CONEWS - set 19, 2017

Grupos religiosos de matriz africana solicitaram hoje (20), em audiência pública no Rio de Janeiro, a entrega de peças religiosas…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.