Header Ad

Oficinas promovem novas oportunidades e inclusão social

30 de novembro de -0001
44 Visualizações

Na noite de quarta-feira (03.04), mais de 200 figurantes do Auto da Paixão de Cristo lotaram o Cine Teatro Cuiabá para receber os certificados de participação na peça encenada no Sesi Papa, em Cuiabá, entre os dias 11 e 16 de abril. Do total de atores amadores que participaram da peça este ano, 117 são pessoas em situação de vulnerabilidade social incluídas na montagem.

O Auto da Paixão de Cristo é realizado pela Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT), com direção geral do Grupo Cena Onze. A peça representa uma oportunidade de transformação na vida das pessoas, e a mudança começa pela capacitação, em oficinas nas áreas de confecção de figurino, cenários, atores, maquiagem de caracterização, adereços e dança.

“Todas as oficinas foram certificadas pela Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). Dessa forma, são contabilizadas como carga horária para o currículo ou para remissão de pena, no caso do recuperando. Além da certificação, todos levam dessa experiência a troca com pessoas de origem, classe social e histórias de vida muito diferentes”, conta o diretor geral do Grupo Cena Onze, Flávio Ferreira.

As 117 pessoas em situação de vulnerabilidade social que foram incluídas na montagem também participaram de oficinas, a exemplo de dança e cenografia, e ainda atuaram como figurantes. “O Governo do Estado cumpre, assim, o papel social de transformar a vida das pessoas. E não deixar nenhum mato-grossense para trás”, afirma o titular da Setas, Max Russi.

A oportunidade de atuar e a experiência de conviver com pessoas tão diferentes atraiu Fernanda Maciel, de 12 anos, para o teatro. Desde o ano passado, ela é um dos anjos presentes na ressurreição de Jesus Cristo. A mãe, Cláudia Maciel Piza, conta que nunca estimulou o dom artístico, foi a jovem quem procurou informação sobre cursos de dança e atuação na Capital, e logo iniciou no Cena Onze.

“Essa foi a primeira vez que eu deixei ela em um curso sem acompanhar, mas fiz porque ela está há dois anos no grupo e eles transmitem essa confiança. A equipe que se forma para a encenação do Auto é uma família, eles não têm preconceito, e essa educação de tolerância e respeito às diferenças é que eu quero pra ela”, afirma Cláudia.

Quem conseguiu uma nova vida a partir da participação na encenação foi L.L., de 21 anos. A jovem esteve reclusa no Presídio Feminino Ana Maria do Couto May, por dois anos e sete meses, progrediu de pena para o regime semiaberto e trabalha como serviços gerais no Cine Teatro.

“Hoje, é meu primeiro dia de trabalho no Cine Teatro. E consegui essa vaga depois de dois anos na peça. Em 2016, fiz figuração e esse ano, como estava perto de sair, cedi a vaga na figuração para outra colega do regime fechado e trabalhei na limpeza do Auto”, conta L.L.

 Já para os participantes da Associação de Catadores Mato Grosso Sustentável (Asmats) da Capital e de Várzea Grande, as oportunidades vão além da atuação. É o que conta Maria Aparecida do Nascimento, a Cidinha, que trabalha no aterro sanitário de Várzea Grande há 23 anos e, desde o ano passado, coleta recicláveis no evento da Setas.

“A inclusão social ocorre no momento em que o Governo do Estado leva o catador até o evento, e nesse caso ainda recebemos alimentação. Nós nos sentimos mais humanos, somos tratados em igualdade com outras pessoas e acontece a interação social. E acreditamos que esse é o caminho, porque nós trabalhamos no lixão, mas não é agradável, tentamos nos organizar da melhor maneira, mas só com a educação ambiental da sociedade e esse apoio do Estado será possível trabalhar realmente com coleta seletiva”, vislumbra Cidinha.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares9 views

Anatel registra queda de 5,7% nas reclamações contra empresas de telecomunicação

CONEWS - nov 22, 2017

O  número de reclamações feitas em outubro na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) caiu 5,7% na comparação com o mesmo…

Maia pede mais diálogo com parlamentares antes de votar reforma da Previdência
Brasil
0 shares16 views
Brasil
0 shares16 views

Maia pede mais diálogo com parlamentares antes de votar reforma da Previdência

CONEWS - nov 22, 2017

A participar hoje (22) da abertura do seminário de amizade Brasil-Itália, o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu…

Fórum Mundial da Água vai alertar população sobre urgência de consumo racional
Brasil
0 shares12 views
Brasil
0 shares12 views

Fórum Mundial da Água vai alertar população sobre urgência de consumo racional

CONEWS - nov 22, 2017

Além da apresentação da programação do evento, que espera receber cerca de 40 mil representantes de diversas partes do mundo,…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.