Header Ad

Caixa destinará R$ 165 milhões para obras de mobilidade em cidades de São Paulo

30 de novembro de -0001
25 Visualizações

O presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinaram hoje (9) um contrato que prevê a destinação de R$ 165 milhões para obras nas áreas de transporte público ou mobilidade no estado.

O contrato é parte do Programa Pró-Transporte e foi firmado entre a Caixa, que vai liberar o financiamento, e a Desenvolve SP, uma agência de desenvolvimento de São Paulo. Por meio da Desenvolve SP e com o financiamento da Caixa, nesta primeira etapa do programa dez municípios paulistas poderão ampliar ou modernizar seus sistemas de transporte público coletivo, pavimentar ruas e rodovias, melhorar a sinalização ou iluminação das vias públicas, implantar ciclovias ou construir viadutos, por exemplo.

“Os recursos que provém dessa parceria com a Caixa serão, nesse primeiro lote, alocados em projetos de mobilidade urbana de municípios que tem pleitos. A maior parte está relacionado com a pavimentação de ruas, iluminação de calçamento, acessibilidade, sinalização e construção de viadutos”, disse Milton Luiz de Melo Santos, presidente da Desenvolve SP.

Segundo o governo paulista, a linha de crédito Pró-Transporte terá taxas de 9% ao ano e o prazo de pagamento será de até seis anos, com um ano de carência. “Hoje o grande desafio das cidades é a mobilidade. Portanto, esse dinheiro será muito bem aplicado. Esse investimento gera bastante emprego e movimenta a máquina”, disse Alckmin.

As prefeituras que estiverem interessadas nessa linha de crédito devem encaminhar uma carta-consulta para a Desenvolve SP, junto com a documentação necessária para a avaliação técnica e de crédito do empreendimento. A prefeitura deve se cadastrar em um processo seletivo que será feito pelo Ministério das Cidades. Quando o projeto estiver enquadrado no ministério, o financiamento precisará ser aprovado pela Câmara Municipal e a documentação deverá ser então encaminhada para a Secretaria do Tesouro Nacional, que vai avaliar a capacidade de endividamento do município. Somente após essas etapas é que a Desenvolve SP vai permitir a assinatura do contrato com a prefeitura.

FGTS

Durante discurso no evento de assinatura do contrato, o presidente da Caixa disse que na próxima sexta-feira serão liberados os saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os trabalhadores nascidos entre junho e agosto. “Mais de R$ 16 bilhões já foram pagos nas duas primeiras etapas do FGTS. Isso significa que o recurso está na rua, na mão do trabalhador para ele pagar uma dívida ou fazer novos investimentos”, disse.

O presidente da Caixa também comentou sobre a proposta do ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão Dyogo Oliveira de incentivar a participação privada em obras de infraestrutura em estados e municípios de todo o país.

Segundo o presidente da Caixa, o programa pretende incentivar a participação privada em obras de saneamento, resíduos sólidos, energia e mobilidade nos municípios. “O governo federal prepara, por determinação do presidente Michel Temer, um fundo onde 70% dos valores, e mais 30% por parte da prefeitura, para que haja oportunidade na elaboração de estudos de viabilidade dessas concessões”, disse.

Occhi também falou rapidamente sobre o Feirão da Casa Própria, que terá início no dia 26 de maio, em todo o país. “É o 14º Feirão, uma forma de alavancarmos oportunidades de negócios”, disse.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares9 views

Anatel registra queda de 5,7% nas reclamações contra empresas de telecomunicação

CONEWS - nov 22, 2017

O  número de reclamações feitas em outubro na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) caiu 5,7% na comparação com o mesmo…

Maia pede mais diálogo com parlamentares antes de votar reforma da Previdência
Brasil
0 shares16 views
Brasil
0 shares16 views

Maia pede mais diálogo com parlamentares antes de votar reforma da Previdência

CONEWS - nov 22, 2017

A participar hoje (22) da abertura do seminário de amizade Brasil-Itália, o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu…

Fórum Mundial da Água vai alertar população sobre urgência de consumo racional
Brasil
0 shares12 views
Brasil
0 shares12 views

Fórum Mundial da Água vai alertar população sobre urgência de consumo racional

CONEWS - nov 22, 2017

Além da apresentação da programação do evento, que espera receber cerca de 40 mil representantes de diversas partes do mundo,…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.