Header Ad

Ação de zeladoria da prefeitura na Cracolândia termina em violência

30 de novembro de -0001
93 Visualizações

Uma ação de zeladoria promovida pela prefeitura de São Paulo na região conhecida como Cracolândia, no centro da capital, terminou em confusão e violência no início da noite de hoje (31).

Segundo a Guarda Civil Metropolitana (GCM), a confusão teve início quando foi solicitado que os usuários de drogas da região retirassem as barracas das calçadas, o que teria levado os usuários a atearem fogo em materiais.

Já o movimento Craco Resiste, por meio das redes sociais, disse que a tropa de choque da GCM chegou ao local “com helicóptero e vários homens armados”, oprimindo as pessoas que vivem no fluxo (região de maior concentração de usuários). O movimento disse que a GCM fez uso de gás lacrimogêneo na ação e que várias pessoas ficaram machucadas. “Chegaram batendo e jogando gás lacrimogêneo em pessoas que estavam deitadas e dormindo”, disse o movimento no Facebook.

Procurada pela reportagem, a GCM não confirmou, até este momento, se houve feridos na ação. A Polícia Militar disse à Agência Brasil não ter participado da ação na Cracolândia.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares28 views

Temer: se reforma da Previdência não for votada este ano, será no início de 2018

CONEWS - dez 10, 2017

O presidente Michel Temer disse neste domingo (10) que a reforma da Previdência será aprovada, se não em 2017, "no…

Senado fará esforço concentrado para votar propostas às vésperas do recesso
Brasil
0 shares26 views
Brasil
0 shares26 views

Senado fará esforço concentrado para votar propostas às vésperas do recesso

CONEWS - dez 10, 2017

Às vésperas do recesso legislativo, que oficialmente começa no dia 23, os próximos 10 dias úteis de trabalho no Senado…

Brasil deixou recessão para trás, diz Temer na Argentina
Brasil
0 shares27 views
Brasil
0 shares27 views

Brasil deixou recessão para trás, diz Temer na Argentina

CONEWS - dez 10, 2017

O presidente Michel Temer declarou neste domingo (10) que a economia do Brasil deixou a recessão para trás com a…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.