Header Ad

MST desocupa fazenda da Argeplan no interior de São Paulo

30 de novembro de -0001
88 Visualizações

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) deixaram hoje (31) a Fazenda Esmeralda, no município de Duartina, no interior de São Paulo, ocupada desde a última quarta-feira (26). A fazenda pertence a empresa Argeplan, que tem como sócio João Baptista de Lima Filho. Ele, segundo o movimento, é amigo do presidente da República, Michel Temer.

“Os latifundiários que possuem estas áreas são acusados, no cumprimento de função pública, de atos de corrupção, como lavagem de dinheiro, favorecimento ilícito, estelionato e outros. O MST também se posiciona pelo afastamento imediato de Michel Temer da Presidência, primeiro presidente na história acusado formalmente de corrupção pela Procuradoria Geral da República [PGR]”, disse o MST em nota.  

Após deixarem a fazenda, os membros do MST se deslocaram até a cidade de Bauru (SP), onde fazem uma passeata. O advogado da Argeplan, Sylvio Carloni, confirmou que a fazenda foi desocupada espontaneamente pelo movimento. Segundo ele, a reintegração de posse estava agendada para ser feita na quarta-feira (2) pela Polícia Militar.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares8 views

Ex-assessor de Cabral diz que esquema de corrupção movimentou R$ 500 milhões

CONEWS - dez 11, 2017

O juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas, ouviu hoje (11) cinco acusados de participar…

Brasil
0 shares10 views

Teatro da Uerj apresenta nesta quarta-feira homenagem a compositoras brasileiras

CONEWS - dez 11, 2017

A Divisão de Teatro da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) apresenta, no próximo domingo (17), os últimos …

Reforma da Previdência permitirá ao país entrar em ciclo virtuoso, diz Moreira
Brasil
0 shares18 views
Brasil
0 shares18 views

Reforma da Previdência permitirá ao país entrar em ciclo virtuoso, diz Moreira

CONEWS - dez 11, 2017

 O ministro Moreira Franco, da Secretaria-Geral da Presidência da República, participa de fórum sobre a reforma da Previdência, na sede…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.