Header Ad

Gilmar Mendes pede suspensão da Venezuela de órgãos eleitorais do Mercosul

30 de novembro de -0001
167 Visualizações

de garantir eleições livres, diz o presidente do TSE, Gilmar MendesJosé Cruz/Arquivo/Agência Brasil

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, pediu hoje (4) a suspensão da Venezuela de órgãos eleitorais da América do Sul. Em ofício encaminhado ao Instituto Interamericano de Direitos Humanos e Promoção Eleitoral (IIDH), o ministro pediu providências e disse que o país perdeu a independência e a capacidade de garantir eleições livres em função das denúncias de manipulação nas eleições para a Assembleia Nacional Constituinte.

“Os fatos são conhecidos por todos. A Venezuela passa por um longo processo de redução do espaço democrático, incluindo a suspensão de eleições constitucionalmente agendadas, prisões políticas, a repressão de manifestações pacíficas, entre outras violações dos direitos humanos”, disse Gilmar Mendes.

Amanhã (5), os chanceleres do Mercosul, bloco formado por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, vão se reunir em São Paulo para tomar uma decisão definitiva sobre a situação da Venezuela com base no Protocolo de Ushuaia, que inclui uma cláusula democrática que pode levar à suspensão política do país no bloco.

Desde 1º de abril, a Venezuela vive uma onda de manifestações a favor e contra o governo, muitas delas violentas e que já deixaram cerca de 100 mortos e mais de mil feridos. O governo Maduro deu posse nesta sexta-feira a uma nova Assembleia Nacional Constituinte, que a oposição não aceita. A iniciativa foi criticada pelo Mercosul, bloco do qual a Venezuela também faz parte, mas está suspensa por causa dos conflitos políticos.

RECOMENDAMOS

Senado fará esforço concentrado para votar propostas às vésperas do recesso
Brasil
0 shares23 views
Brasil
0 shares23 views

Senado fará esforço concentrado para votar propostas às vésperas do recesso

CONEWS - dez 10, 2017

Às vésperas do recesso legislativo, que oficialmente começa no dia 23, os próximos 10 dias úteis de trabalho no Senado…

Brasil deixou recessão para trás, diz Temer na Argentina
Brasil
0 shares25 views
Brasil
0 shares25 views

Brasil deixou recessão para trás, diz Temer na Argentina

CONEWS - dez 10, 2017

O presidente Michel Temer declarou neste domingo (10) que a economia do Brasil deixou a recessão para trás com a…

Brasil
0 shares26 views

Consórcio entre instituições brasileiras e europeias vai facilitar negócios

CONEWS - dez 10, 2017

Empresários em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro poderão contar com um serviço para facilitar contatos para negócios na…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.