Header Ad

Fiscais encontram 118 crianças em piores formas de trabalho infantil em Roraima

30 de novembro de -0001
15 Visualizações

O Grupo Especial de Combate ao Trabalho Infantil do Ministério do Trabalho encontrou, durante uma operação em Roraima, 118 crianças e adolescentes trabalhando em atividades listadas como algumas das piores formas de trabalho infantil, por serem prejudiciais à saúde e à segurança das crianças.

A operação foi realizada em feiras públicas, carvoarias e no aterro sanitário da cidade, onde foram encontradas 13 crianças trabalhando na coleta dos dejetos.

Pela gravidade da situação verificada no lixão onde as crianças foram flagradas nas atividades ilegais, o Grupo Especial optou pela interdição do local, emitindo pedido de providência imediata à Sanepav Ambiental, empresa responsável pela administração do espaço. Foram emitidos termos de afastamento imediato das crianças encontradas em situação de grave risco, além de 12 autos de infração relacionados às Normas de Segurança e Saúde.

Também foram inspecionadas as feiras livres do Pintolândia, dos Garimpeiros e dos Produtores. Em todas foi constatada a presença de crianças em atividade laboral. A operação foi finalizada hoje (11), com a apresentação dos resultados em uma reunião com autoridades locais.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares33 views

Mugabe voltará a negociar sua saída com comandantes do exército neste domingo

CONEWS - nov 18, 2017

O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, se reunirá amanhã (19) com os chefes do Exército para uma segunda rodada de…

Brasil
0 shares32 views

Temer e Rodrigo Maia discutem reforma da Previdência durante reunião no Alvorada

CONEWS - nov 18, 2017

O presidente Michel Temer e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se reuniram hoje (18), no Palácio da Alvorada,…

Argentina mantém buscas por submarino desaparecido com 44 tripulantes
Brasil
0 shares37 views
Brasil
0 shares37 views

Argentina mantém buscas por submarino desaparecido com 44 tripulantes

CONEWS - nov 18, 2017

O porta-voz da Armada Argentina, Enrique Balbi, informou que “não descarta nenhuma hipótese”, mas acredita que o submarino “esteja em…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.