Header Ad

Ataque a tiros em Duque de Caxias pode ser briga entre milicianos e traficantes

30 de novembro de -0001
22 Visualizações

A Divisão de Homicídios investiga o ataque a tiros que deixou três mortos e três feridos ontem (12) em um bar no município de Duque de Caxias, no Estado do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Civil, uma das linhas de investigação é que o tiroteio pode ser resultado de uma briga entre milicianos e pessoas envolvidas com a venda de drogas na região.

De acordo com a Polícia Militar, criminosos chegaram de carro, fizeram vários disparos em direção ao estabelecimento, que estava cheio, e fugiram em seguida. No total, seis pessoas foram atingidas, duas morreram na hora e outra a caminho do hospital. Os três feridos também foram levados para hospitais da região, onde receberam atendimento, mas ainda não há detalhes sobre o estado de saúde deles.

No último domingo (8), um ataque semelhante deixou dois mortos e quatro feridos em um bar de Queimados, também na Baixada Fluminense. A polícia também investiga se esse crime é resultado de disputas entre milicianos e traficantes de drogas.

RECOMENDAMOS

Meirelles diz que Reforma da Previdência deve ser votada ainda este ano
Brasil
0 shares5 views
Brasil
0 shares5 views

Meirelles diz que Reforma da Previdência deve ser votada ainda este ano

CONEWS - nov 21, 2017

Meirelles participou nesta terça de audiência pública conjunta de quatro comissões da Câmara: de Finanças e Tributação, de Fiscalização Financeira…

Temer nomeia Alexandre Baldy para Ministério das Cidades
Brasil
0 shares4 views
Brasil
0 shares4 views

Temer nomeia Alexandre Baldy para Ministério das Cidades

CONEWS - nov 21, 2017

Alexandre Baldy assumirá o Ministério das CidadesFabio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilEm seu primeiro mandato como deputado federal pelo estado de Goiás,…

Brasil
0 shares22 views

MPF diz que foi montado cartel dentro da Transpetro para ganhar licitações

CONEWS - nov 21, 2017

A Polícia Federal (PF) prendeu hoje temporariamente (21) o ex-gerente da Transpetro José Antônio de Jesus, principal alvo da 47ª…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.