Header Ad

Temer autoriza adicional para servidores que atuam em região de fronteira

30 de novembro de -0001
42 Visualizações

O presidente Michel Temer assinou decreto autorizando o pagamento de um adicional de R$ 91 para policiais federais que trabalham em áreas de fronteira. Também terão direito ao adicional os servidores da Polícia Rodoviária Federal, Receita Federal, auditores-fiscais agropecuários e auditores do trabalho. O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, anunciou a assinatura do decreto hoje (6) no Palácio do Planalto. “Com isso, temos um resgate histórico do policial de fronteira que trabalha em áreas inóspitas do país e que pode, com isso, fazer melhor o seu trabalho e combater melhor a criminalidade transnacional que aflige o nosso país”, disse ele. Segundo Segóvia, o adicional será pago a cada oito horas de dia efetivamente trabalhado.

O adicional anunciado, no entanto, não é cumulativo com diárias pagas a servidores que saem em missão para outros estados. No caso, o agente que tiver direito ao adicional só o receberá se o valor da diária for menor que os R$ 91. De acordo com Segóvia, cerca de 2 mil policiais federais se enquadram no perfil com direito a receber o adicional. Os primeiros pagamentos serão creditados aos agentes na remuneração referente ao mês de dezembro, paga em janeiro.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares10 views

PF e CGU apuram suspeita de desvio de recursos de merenda escolar no Amapá

CONEWS - dez 15, 2017

A Polícia Federal (PF), a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF) deflagraram hoje (15), em Macapá,…

Leilão de linhas de transmissão de energia deve gerar investimentos de R$ 8,7 bi
Brasil
0 shares18 views
Brasil
0 shares18 views

Leilão de linhas de transmissão de energia deve gerar investimentos de R$ 8,7 bi

CONEWS - dez 15, 2017

O leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realizado hoje (15) na empresa B3, antiga BM&F Bovespa, na capital…

Brasil
0 shares17 views

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida

CONEWS - dez 15, 2017

O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.