Header Ad

TSE nega habeas corpus para casal Garotinho e o presidente do PR

30 de novembro de -0001
38 Visualizações

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou os habeas corpus impetrados em favor do casal Rosinha Garotinho e Anthony Garotinho e de Antônio Carlos Rodrigues, presidente nacional do PR. A decisão monocrática foi tomada pelo ministro Jorge Mussi nesta quinta-feira (7).

Com isso, Garotinho permanecerá preso no Complexo Prisional de Bangu e Rodrigues continuará preso na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica. Mesmo com a negativa de habeas corpus, Rosinha permanecerá em liberdade, mas utilizando tornozeleira eletrônica, conforme decisão tomada na semana passada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro.

O ministro também negou habeas corpus a Fabiano Rosas Alonso, genro de Rodrigues, e Thiago Soares de Godoy. Todos tiveram prisões preventivas decretadas pelo juízo da 98ª Zona Eleitoral do Rio de Janeiro. Anthony e Rosinha Garotinho, ex-governadores do Rio e ex-prefeitos de Campos dos Goytacazes, foram presos no dia 22 de novembro, acusados de envolvimento em crimes eleitorais na campanha de 2014.

Procurada, a defesa de Anthony Garotinho e Rosinha Garotinho esclareceu, em nota, que os méritos dos habeas corpus ainda serão julgados no TSE: “As decisões desta quinta-feira são indeferimentos de liminares”. A reportagem não conseguiu falar com as defesas dos demais réus.

RECOMENDAMOS

Brasil
0 shares19 views

Márcia Tauil ganha prêmio de melhor intérprete no Festival da Nacional FM

CONEWS - dez 11, 2017

A 9ª edição do Festival de Música da Nacional FM de Brasília terminou nesse fim de semana com dois shows…

Brasil
0 shares39 views

Temer: se reforma da Previdência não for votada este ano, será no início de 2018

CONEWS - dez 10, 2017

O presidente Michel Temer disse neste domingo (10) que a reforma da Previdência será aprovada, se não em 2017, "no…

Senado fará esforço concentrado para votar propostas às vésperas do recesso
Brasil
0 shares35 views
Brasil
0 shares35 views

Senado fará esforço concentrado para votar propostas às vésperas do recesso

CONEWS - dez 10, 2017

Às vésperas do recesso legislativo, que oficialmente começa no dia 23, os próximos 10 dias úteis de trabalho no Senado…

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.